Igreja de S. Frutuoso de Montélios

Expoente máximo da arquitetura nacional pré-românica é a pequena e graciosa Igreja de S. Frutuoso de Montélios, localizada nos arredores de Braga, na povoação de Real. Pensa-se que aí repousam as ossadas de S. Frutuoso, bispo de Braga e de Dume, o que lhe confere também uma dimensão de mausoléu. Na Vita Sancti Fructuosi, escrita depois da sua morte, refere-se que a construção desta igreja foi acompanhada pessoalmente por S. Frutuoso.
Apesar de não ser pacífica, a tese mais comum é a de este templo foi fundado na segunda metade do século VII, em pleno reinado visigótico. A sua planta centrada poderá ter sido inspirada em modelos paleocristãos da Península Itálica, nomeadamente em construções da cidade de Ravena ou de Roma. Está classificado como Monumento Nacional.
O esquema planimétrico do templo visigótico é surpreendente. A planta desenha uma cruz grega, prolongando-se os braços no exterior de forma retangular. No interior da igreja, a planta metamorfoseia-se e três dos lados da cruz apresentam uma forma em arco de ferradura. O quarto é rasgado pela porta do templo. Exteriormente, estes volumes arquitetónicos são articulados pelo cruzeiro central, mais elevado do que os braços da cruz, coberto por um telhado de quatro águas, sob o qual corre uma cornija com cercadura recortada geométrica. As paredes dos braços apresentam cantaria bem talhada e aparelhada, rasgadas por arcos de volta perfeita pouco profundos, com uma janela em arco de ferradura, alternando com outro arco de terminação triangular.
Interiormente, o cruzeiro axial é delimitado por quatro arcos em ferradura que assentam sobre um friso coríntio contínuo, mostrando uma bela utilização da técnica do trepanado na composição dos motivos esculpidos em calcário. Cada um dos quatro arcos do cruzeiro possui três outros, também em forma de ferradura e de menores dimensões, estando os laterais assentes em colunas com capitéis coríntios, repousando as bases dos fustes lisos em plintos quadrangulares. O corpo do cruzeiro é rasgado por janelas laterais e está coberto por uma cúpula original, assente em pendentes de tijolo que, por sua vez, repousam em ornamentados estribos de pedra.
Num paramento da ábside rasga-se um arcossólio, sob o qual está resguardado uma arca funerária, provavelmente aquela que guarda os restos mortais de S. Frutuoso.
Como referenciar: Igreja de S. Frutuoso de Montélios in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-12 03:42:46]. Disponível na Internet: