Igreja de S. Pedro (Óbidos)

Esta igreja da vila de Óbidos, consagrada ao apóstolo S. Pedro, foi originariamente um templo gótico de três naves. Contudo, o violento sismo de 1755 reduziu-a a escombros, conservando-se desse tempo algumas pedras relevadas e sigladas, com destaque para aquela que se insere no lado direito da fachada e que ostenta um signo-saimão.
A sua frontaria é sóbria e desproporcionada, como os seus volumes arquitetónicos mal distribuídos, possivelmente resultado de ausência prévia de um plano. O portal nobre apresenta linhas direitas e remate superior mistilíneo, encimado por amplo janelão em arco de volta perfeita. No lado direito ergue-se torre sineira quadrangular de cobertura bolbosa. A nave da igreja é coberta por teto de esteira, existindo no seu espaço quatro altares laterais e dois colaterais. O do lado do Evangelho é consagrado a N. S. da Piedade, possuindo um belo Calvário do século XVIII. No lado da Epístola, dedicado a N. S. do Rosário, observa-se uma bonita escultura em madeira do século XVIII alusiva a S. Pedro. Outras imagens setecentistas da igreja, em madeira estofada e policromada, merecem especial destaque, como sejam as que se referem a Santa Bárbara, S. Pedro e S. Paulo.
A capela-mor é abobadada e possui um aparatoso retábulo setecentista em talha dourada, inserindo-se na sua ampla tribuna uma tela representando S. Pedro a receber as chaves do Céu. Esta obra é datada dos finais do século XVII e foi realizada pelo pintor obidense João da Costa.
Num local do pavimento da igreja que ainda não foi seguramente identificado, pensa-se que esteja sepultada Josefa de Óbidos, famosa pintora do barroco seiscentista.
Como referenciar: Igreja de S. Pedro (Óbidos) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-27 09:48:16]. Disponível na Internet: