Igreja do Espírito Santo (Arcos de Valdevez)

Templo importante da vila minhota de Arcos de Valdevez, a Igreja do Espírito Santo iniciou-se no ano de 1647 e as obras prolongaram-se ao longo do século XVII. A decoração e o belo recheio do seu interior foram sendo enriquecidos durante a centúria de Setecentos.
Nos inícios do século XIX foi levantada a atual fachada, de pouco merecimento artístico, submetida aos disciplinados cânones da gramática arquitetónica e decorativa neoclássica. No entanto, esta campanha de reformas manteve a barroca torre sineira, contígua à fachada da igreja e erguida entre os anos de 1724-27.
O maior mérito deste templo do Alto Minho reside no notável e riquíssimo conjunto de talha barroca que decora o seu interior. Constituído por uma só nave, o olhar do visitante perspetiva-se na direção da capela-mor. O seu retábulo de talha dourada é uma obra datada de 1667, documentando a transição estrutural retabular entre o Maneirismo e o Barroco de Estilo Nacional. O sacrário e o frontal de altar filiam-se já no Estilo Nacional, enquanto o trono e o camarim da tribuna são reveladores da linguagem do Rocaille da segunda metade do século XVIII. Da segunda metade de Seiscentos são os quatro retábulos inseridos nas paredes laterais da capela-mor, bem assim como os dois colaterais que abrigam pinturas do século XVII.
Na nave da igreja destacam-se os dois magníficos púlpitos do Barroco Joanino, obra datada de 1730 e da autoria do mestre entalhador Manuel Gomes em parceria com o pintor Francisco Álvares da Costa, responsável pelo seu risco - artistas que também executaram os frontais de talha dourada inseridos nos altares da capela-mor.
A sacristia da igreja guarda vários objetos artísticos de grande valia, como sejam o caso do seu mobiliário setecentista, as suas esculturas de santos em madeira e os policromos azulejos seiscentistas.
Como referenciar: Igreja do Espírito Santo (Arcos de Valdevez) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 15:41:01]. Disponível na Internet: