Igreja do Senhor do Bonfim

A igreja do Senhor do Bonfim situa-se em São Salvador da Baía no Brasil. Numa cidade marcadamente barroca, que exibe alguns dos melhores exemplares deste estilo, estão implantados um bom número de edifícios religiosos. A igreja do Senhor do Bonfim encerra uma particularidade: é santuário católico e ao mesmo tempo local de culto de deuses pagãos de influência africana - Orixás. O Senhor do Bonfim é equiparado à divindade afro-brasileira Oxalá. A festa em que se manifestam todas estas influências realiza-se em janeiro durante oito dias.
A igreja, construída em 1756, apresenta uma planta longitudinal sendo exteriormente marcada por duas torres que ladeiam a fachada. São cupuladas e no registo médio e superior apresentam janelas decoradas com frontão curvo. O corpo central apresenta três portadas, sendo a central maior, sobrepujadas por três janelas também decoradas por frontões que alternam, sendo dois curvos e o central triangular. O remate da fachada mostra uma decoração mais movimentada com as suas curvas e contracurvas imprimindo-lhe uma marca nitidamente barroca. Interiormente o teto da igreja é pintado, obra da autoria de Velasco. Na sacristia podem observar-se quadros de Teófilo de Jesus. A imagem do Senhor do Bonfim foi elaborada em Portugal e apresenta semelhanças com a imagem que se encontra em Setúbal.
Como santuário, o espaço de maior interesse é o museu dos milagres, constituído por uma sala que alberga milhares de ex-votos, prova da grande devoção que o povo tem ao Senhor do Bonfim.
Como referenciar: Porto Editora – Igreja do Senhor do Bonfim na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-11-28 14:12:19]. Disponível em