Igreja Matriz de Oliveira do Bairro

A Igreja Matriz de Oliveira do Bairro, de invocação a S. Miguel Arcanjo, é uma edificação seiscentista com fachada e torre dos finais do século XIX sem grande menção de relevo.
Interiormente, destaca-se pelos seus retábulos em talha dourada. O arco cruzeiro dá origem a um grande vão e é sobrepujado por grande nicho com a escultura do orago. Os arcos colaterais, mais elevados que largos, abrigam retábulos planos de dois pisos sobrepostos, enquadrados por duas colunas torsas, revestidas com os símbolos eucarísticos, e entablamento reto. No primeiro piso encontramos esculturas de vulto pleno, marcadas por grande hieratismo, sendo a da esquerda uma Virgem com o Menino e a da direita um S. Sebastião. Os pisos superiores estão preenchidos por baixos-relevos; à esquerda, a representação da Anunciação e do lado oposto a Degolação de um Santo.
Os retábulos laterais inserem-se em arcos plenos, todos eles fortemente decorados. São formados por dois pares de colunas torsas, dispostas paralelamente, criando um arco central e intercolúnios laterais. O remate é formado por pilastras de entablamento reto, onde se inscrevem baixo-relevos. As colunas são revestidas a pâmpanos e sustentadas por pedestais revestidos de baixos-relevos com figuração de santos. O lateral esquerdo ostenta no centro uma grande Crucificação e nos intercolúnios, um S. Miguel e um Santo Bispo. No lateral direito, apresenta-se uma Virgem da Assunção.
Na capela-mor, o retábulo barroco é reentrante e composto por colunas espiraladas, revestidas a pâmpanos as externas; as centrais são revestidas por espirais de perfil côncavo preenchidos por fitas. Na tribuna enquadra-se um desenvolvido trono, com os degraus envolvidos por motivos barrocos de águias e volutas a marcar os ângulos.
Como referenciar: Igreja Matriz de Oliveira do Bairro in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-04-09 14:25:45]. Disponível na Internet: