Ilha da Culatra

Esta ilha apresenta características semelhantes à de Armona e às restantes ilhas-barreira situadas no Parque Natural da Ria Formosa.
A povoação é habitada todo o ano e não tem meios de transporte terrestres; apenas os barcos, que têm de percorrer 13 km de canais desde Faro até à ilha, a põem em comunicação com a terra firme. Por isso no lugar há três lojas, onde a população se abastece de tudo o que necessita para complemento da alimentação (a base é o peixe), para vestuário e usos domésticos.
O arraial da Culatra, no verão, é animado com a chegada de pescadores de lugares próximos, cabendo a Olhão a maior quantidade deles; enquanto aqui permanecem, ficam em casas de amigos ou parentes.
A comunidade de pescadores da ilha da Culatra, com não mais de 800 habitantes, é ainda das comunidades mais típicas da ria Formosa.
Como referenciar: Ilha da Culatra in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-12 08:52:42]. Disponível na Internet: