Imperdoável

Western norte-americano realizado por Clint Eastwood em 1992 com o título original Unforgiven. O argumento original foi escrito por David Webb Peoples, a música foi composta por Lennie Niehaus e a fotografia é da autoria de Jack N. Green.
Trata-se de uma nova e tardia incursão de Clint Eastwood no western, que dedica o filme a Sergio Leone e a Don Siegel.
Passa-se em finais do século XIX, em 1880, William Munny (Clint Eastwood) é um ex-ladrão de comboios e assassino que há 11 anos desistiu da sua profissão e tornou-se dono de um rancho de porcos no Kansas, onde vive com a sua mulher e os dois filhos, até que a sua mulher morre de varíola e Munny precisa de manter o rancho e sustentar os dois filhos pequenos. Enquanto isso, na cidade de Big Whisky, no Wyoming, acontece uma tragédia num bordel. Dois vaqueiros mutilam o rosto de uma prostituta, Delilah (Anna Thomson), por ela ter insultado um deles. O corrupto xerife local, Little Bill (Gene Hackman), intervém na situação. Enquanto a líder das prostitutas exige o enforcamento dos dois homens, Little Bill decide propor ao dono do bordel e do bar uma troca: seis cavalos pela "honra" da prostituta. As prostitutas ficam revoltadas e economizam dinheiro para pagar mil dólares a quem matar os dois vaqueiros. A notícia espalha-se e chega aos ouvidos de William Munny através de Kid, um jovem pistoleiro que o convida para ser seu colega neste negócio. Munny decide aceitar para poder recomeçar uma nova vida com os filhos. Com ele, está o seu antigo parceiro, Ned (Morgan Freeman). Entretanto, English Bob (Richard Harris), um pistoleiro inglês chega a Big Whisky para a recompensa dos mil dólares. Litttle Bill, acompanhado dos seus assistentes, desarma English Bob e o acompanhante deste, o escritor Beauchamp (Saul Rubinek), que o acompanha para escrever sobre a sua vida e acaba por se tornar o biógrafo de Little Bill.
Munny, Ned e Kid entram em ação e conseguem matar os vaqueiros numa emboscada. Ned desiste da recompensa, pois percebe que não consegue matar ninguém, e resolve voltar para casa, mas acaba sendo capturado e morto por Bill. A prostituta entrega o dinheiro a Munny e conta-lhe que Ned foi espancado até a morte. É então que Munny decide vingar-se.
Filme sobre a ambiguidade do ser humano e sobre o passado que persegue, trata-se também de um retrato da violência dos filmes deste género.
Crepuscular e magistral, o filme foi um verdadeiro sucesso de público e de crítica. Obteve nove nomeações para os Óscares, vencendo quatro: Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Ator Secundário (Gene Hackman) e Melhor Montagem.
Como referenciar: Imperdoável in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-22 01:10:36]. Disponível na Internet: