intensidade de metamorfismo

As rochas, constituídas por minerais, têm a sua génese em determinadas condições de pressão e temperatura, podendo transformar-se em outras muito difrentes.
Para sabermos como as rochas se alteram por metamorfismo regional, podemos observar o que acontece durante o metamorfismo progressivo, cuja intensidade é condicionada pelo aumento de pressão e temperatura, com o tipo de rocha e com o aumento da profundidade na crosta terrestre.
A rocha metamórfica associada com a mais baixa pressão e temperatura nas condições de metamorfismo de contacto é a ardósia, uma rocha finamente granulada que se divide facilmente segundo planos paralelos. A ardósia forma-se em condições de pressão e temperatura ligeiramente superiores às que se encontram no ambiente sedimentar. As temperaturas não são suficientemente altas para provocar a recristalização. O xisto argiloso é uma rocha aparentada formada por cristais submicroscópicos e achatados de minerais de argila. Estes minerais também se podem recristalizar em mica, igualmente de grão finíssimo. Sobre pressão diferenciada, os velhos e os novos minerais achatados são alinhados, tornando a rocha xistosa.
Os filitos, rochas metamórficas xistosas, de grão fino, que apresentam maior quantidade de micas de neoformação que os xistos argilosos, mas que não são visíveis à vista desarmada. A formação desta rocha implica temperaturas mais elevadas do que para a formação dos xistos argilosos pelo que a intensidade de metamorfismo é maior.
O micaxisto é caracterizado por apresentar cristais visíveis à vista desarmada e com uma orientação paralela. Minerais achatados ou alongados de neoformação são visíveis à vista desarmada. O xisto argiloso pode recristalizar em variedades mineralogicamente diferentes dos micaxistos. Por exemplo, um micaxisto com granada indica que a pressão e a temperatura foram superiores às necessárias para formar um micaxisto sem granada.
O gneisse é uma rocha constituída por camadas minerais claras e escuras. As altas temperaturas e pressões alteraram de tal maneira a rocha, que os minerais se separaram em camadas.
Minerais, como micas e anfíbolas, achatados ou alongados alternam com camadas de minerais claros, como os feldspatos e o quartzo. As condições de temperatura sobre que se formou o gneisse aproximam-se da temperatura a que o granito solidifica.
Não é portanto de estranhar que a composição mineralógica do gneisse e a do granito sejam idênticas.
Como referenciar: Porto Editora – intensidade de metamorfismo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-10-24 03:45:13]. Disponível em