Irão

Geografia
País do Sudoeste Asiático. Abrange uma área de 1 648 000 km2. Faz fronteira com a Arménia, o Azerbaijão e o Turquemenistão, a norte, o Afeganistão, a leste, o Paquistão, a sudeste, o Iraque, a oeste, e a Turquia, a noroeste, e é banhado pelo mar Cáspio, a norte, pelo golfo de Omã, a sul, e pelo golfo Pérsico, a sudoeste. As cidades principais são Teerão, a capital, com 8 067 600 habitantes (2004), Mashhad (2 081 500 hab.), Isfahan (1 394 900 hab.), Tabriz (1 216 200 hab.), Shiraz (1 194 600 hab.), Ahvaz (1 036 600 hab.) e Qom (935 100 hab.).
Clima
O Irão apresenta uma diversidade apreciável de climas. No litoral do mar Cáspio, o clima é praticamente tropical, com temperaturas elevadas a maior parte do ano e precipitações abundantes. Na cadeia montanhosa do Elburz, a precipitação ainda é abundante. No Centro e Sul do país, a aridez é muito acentuada. Em contraste com os verões extremamente quentes do litoral do golfo Pérsico, os invernos nas cadeias montanhosas do Noroeste são muito rigorosos.
Economia
A economia do Irão baseia-se na produção de petróleo, que representa 75% das receitas em divisas. A extração do cobre, do ferro e do gás natural são também importantes para o país. As produções industriais são os têxteis, os tapetes, os produtos alimentares, os materiais de construção, o cimento, a maquinaria, os produtos metalúrgicos e os produtos químicos. O solo agrícola corresponde a 1/10 do território. Deste valor, apenas 1/4 é irrigado. As culturas praticadas são o algodão, o trigo, a beterraba, a cevada, o milho, a uva, a cana-de-açúcar, a batata, a laranja e a tâmara. Os principais parceiros comerciais do Irão são a Alemanha, o Japão, os Estados Unidos da América e o Reino Unido.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 4,8.
População
A população, em 2006, era de 68 688 433 habitantes, o que correspondia a uma densidade de aproximadamente 41,27 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 17%o e 5,55%o. A esperança média de vida é de 70,26 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,719 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,702 (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 88 409 000 habitantes. As principais etnias são a persa (51%), a azeri (24%), a gilaki (8%), a curda (7%) e a árabe (3%). A religião maioritária é a muçulmana xiita (93%). A língua oficial é o farsi (persa).
História
Depois da fome e da bancarrota que sucederam à Primeira Guerra Mundial, um golpe de Estado em 1921 colocou no poder Reza Khan. Colaborou com a Alemanha nazi, em 1941, o que o obrigou a abdicar a favor do seu filho, Mohammad Reza Shah Pahlavi, que iniciou um programa de modernização e de ocidentalização do país. Este facto originou o ódio dos líderes religiosos, particularmente dos muçulmanos xiitas ortodoxos. Na década de 70 gerou-se um descontentamento geral. Em 1979 o Governo entrou em colapso e Pahlavi teve de fugir do país. Nesse ano regressou triunfalmente ao Irão Ruhollah Khomeini, um ayatollah xiita, vindo do exílio em Paris. Imediatamente instaurou no país uma república islâmica e proibiu todas as influências ocidentais, para além de nacionalizar a maior parte das indústrias, dos bancos e das seguradoras.
Em 1980 o Iraque invadiu o Irão e ambos os países se envolveram numa guerra sangrenta que os levou à ruína económica. Com a morte de Khomeini, em 1989, e com o fim da Guerra Irão-Iraque, em 1990, o Irão optou pelo isolamento internacional.
Como referenciar: Irão in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-27 11:49:11]. Disponível na Internet: