Iron Maiden

Grupo heavy-metal fundado em Londres em 1976, pelo baixista Steve Harris (n. 12-03-57, Londres).
Para além de Harris, a primeira formação foi constituída por Dave Murray (n. 23-12-56, Londres) na guitarra, Paul Di'Anno (n. 17-05-59, Londres) na voz e Doug Sampson na bateria.
Conhecidos pela figura da sua mascote, Eddie, os Iron Maiden foram buscar o seu nome a um instrumento de tortura medieval. Fizeram parte da chamada New Wave of British Heavy Metal, um conjunto de bandas que praticavam um som mais rápido e energético do que os seus antecessores, agitando o panorama estagnado em que vivia o heavy-metal inglês de finais da década de 70.
Começaram por tocar ao vivo no circuito de bares londrino durante dois anos. Quando iniciaram as gravações do primeiro álbum o grupo contava com um segundo guitarrista, Dennis Stratton (n. 09-11-54, Londres), e um novo baterista, Clive Burr (n. 08-03-57). Antecedido pelo single "Running Free", saiu em 1980 o álbum homónimo, que incluiu o tema "Phantom Of The Opera".
Na década de 80, os Iron Maiden gravaram seis álbuns de originais e um ao vivo, conquistando o estatuto inatacável no topo do heavy-metal mundial: Killers (1981), que marcou a substituição de Dennis Straton por Adrian Smith (n. 27-02-57, Londres) na guitarra; The Number Of The Beast (1982); Piece Of Mind (1983); Powerslave (1984); Live After Death (1985); Somewhere In Time (1986); e Seventh Son Of A Seventh Son (1988).
O terceiro trabalho do grupo, The Number Of The Beast, foi crucial no seu desenvolvimento. Incluindo êxitos como "Run To The Hills" e "The Number Of The Beast", o álbum marcou ainda a entrada do vocalista, Bruce Dickinson (n. 07-08-58, Worsop), em substituição de Paul Di'Anno. Em 1983, Clive Burr foi substituído por Nicko McBrain (n. 05-06-52, Londres) na bateria.
Fizeram parte desta fase de sucesso do grupo os singles "Flight Of Icarus", "The Trooper", "Aces High", "Two Minutes To Midnight", "Wasted Years", "Stranger In A Strange Land", "Can I Play With Madness", "Evil That Men Do" e "The Clairvoyant".
No início dos anos 90, nova alteração na composição da banda: saiu Adrian Smith, entrando para a guitarra Janick Gers (n. 27-01-57, Hartlepool). São desta década os trabalhos No Prayer For The Dying (1990) e Fear Of The Dark (1992), o último álbum que contou com a vocalização do carismático Bruce Dickinson, que abandonaria o grupo em 1993.
Destes dois álbuns destacaram-se os temas "Holy Smoke", "Bring Your Daugher To The Slaughter" (que fez parte da banda sonora de A Nightmare On Elm Street 5) e "Be Quick Or Be Dead".
Em 1995 surgiu The X Fator, o primeiro trabalho com o novo vocalista, Blaze Bayley (n. 29-05-63, Birmingham). O final de 1996 marcou a edição de Best Of The Beast, uma compilação em formato de CD duplo. Seguiu-se-lhe Virtual XI (1997), que incluiu temas como "The Angel And The Gambler", "Futureal" e "When Two Worlds Collide".
Em 1999 Blaze Bayley saiu do grupo, regressando Bruce Dickinson e Adrian Smith, para uma digressão e novo disco, Brave New World.
Em 2002, gravam ao vivo a participação no festival Rock in Rio, editado num duplo CD. O regresso aos estúdios só aconteceu no ano seguinte, quatro anos depois da última edição discográfica do grupo, com o álbum Dance Of Death, um disco que colheu excelentes referências junto da comunidade seguidora do som dos Maiden, marcando um regresso em forma da banda liderada por Bruce Dickinson.
Como referenciar: Iron Maiden in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-04-05 11:25:14]. Disponível na Internet: