Istambul


Aspetos Geográficos

A cidade localiza-se no Noroeste da Turquia e é a capital da província de Istambul. Está situada nos dois lados do estreito de Bósforo, que separa a Europa da Ásia. O mar Negro limita a cidade a norte e o mar de Mármara banha-a a sul e a sudoeste. A leste e a oeste a cidade é limitada pelas províncias de Kocaeli e Tekirdag, respetivamente. A sua população total ronda os 9 419 000 habitantes (2003). É a maior cidade da Turquia e a única do Mundo que se situa entre dois continentes: a Europa e a Ásia.

História e Monumentos
Istambul foi fundada pelos Gregos aproximadamente no ano 660 a. C. Primeiro foi designada Bizâncio e mais tarde Constantinopla. Foi capital do Império Bizantino durante dez séculos e capital do Império Otomano durante cinco séculos. Assim, tal como Roma, a cidade de Constantinopla foi construída sobre sete colinas, tendo sido posteriormente muralhada das quais ainda existem as suas ruínas. A sua importância foi enorme para o desenvolvimento do Direito Romano, Filosofia, Teologia, Arte Grega e História Cristã. Pelo facto de ser um importante centro cultural e político foi, por diversas vezes, alvo de ataques militares. Turcos, árabes e búlgaros conquistaram a cidade em diferentes épocas da sua História. Entre 1918 e 1923, a cidade foi ocupada por ingleses e franceses. No ano de 1923, Kemal Ataturk, fundador da atual Turquia, transferiu a capital de Istambul para a cidade de Ancara.
Entre os seus monumentos conta-se Santa Sofia, atualmente museu, mas foi primeiro igreja (século VI) e depois uma mesquita (século XV); a Mesquita Azul, inaugurada em 1616, cujo nome advém da sua decoração em azulejos azuis; a Mesquita de Solimão I, cuja construção remonta à época do Império Otomano, tal como a Mesquita de Bayazid II (ambas mantêm as características da arte turca com influências bizantinas), possuem minaretes altos e um interior muito ornamentado; o Palácio de Topkapi; o Aqueduto de Valens; o Palácio Dolma Bagtcheh, situado no Bósforo, é ainda muito utilizado pelo atual presidente e o Seraglio, antigo palácio árabe que corresponde a um conjunto de três edifícios situados à volta de três pátios.

Aspetos Turísticos e Curiosidades

De grande interesse é o bairro grego - Fanar, localizado dentro da cidade. Cruzando o Corno de Ouro, encontra-se o bairro comercial - Galata, que se liga a Istambul através de diversas pontes em suspensão. As áreas residenciais localizam-se do lado asiático e as mais importantes são Beyoglu e Uskudar. De sublinhar também a Cidade Velha, rodeada de muralhas, construída num dos braços do Bósforo. A cidade possui excelentes hotéis e uma vida noturna muito animada. A sua paisagem é sobretudo marcada pelos recortes das cúpulas e minaretes das mesquitas que se distribuem pelas encostas das sete colinas de Istambul. É sede da Igreja Ortodoxa oriental e conta com 200 igrejas cristãs.

Economia

Relativamente à produção industrial, destacam-se as indústrias de construção naval, destilarias, cimento, tabaco, alimentar, vidro, artigos de papel, couro e cerâmica. Além de um importante entreposto comercial, pois possui o porto mais ativo de toda a Turquia, é nó ferroviário com linhas que unem a Europa à Ásia.
Usufrui do estabelecimento de ensino superior mais antigo da Turquia, a Universidade de Istambul, ainda uma Universidade Técnica, e as Universidades de Mármara, do Bósforo e de Yildiz.
Como referenciar: Istambul in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-26 11:17:27]. Disponível na Internet: