Jack Brabham

Corredor automobilístico, John Arthur Brabham nasceu a 2 de abril de 1926, em Hurstville, Austrália. Com 15 anos desistiu da escola para se dedicar aos carros e tornou-se mecânico.
Quem o introduziu nas corridas automobilísticas foi um americano, John Schonberg, em 1947. Nos dois anos seguintes venceu o campeonato do sul da Austrália, New South Wales, e o campeonato australiano.
A partir de 1949 dedicou-se ao montanhismo e ao cross. Em 1957 foi convidado a integrar a equipa britânica liderada por John Cooper, competindo nas categorias de carros desportivos e na Fórmula 2. Nesse mesmo ano iniciou a sua carreira na Fórmula 1. A 12 de maio de 1959 o condutor australiano ganhou a sua primeira corrida na Fórmula 1, disputada no Mónaco, tendo arrebatado o título de campeão no final do campeonato do mundo. Na época seguinte repetiu o feito, ganhando cinco Grandes Prémios seguidos.
Em 1966 estreou os seus próprios carros na Fórmula 1; no Grande Prémio de França desse mesmo ano ficou registado como o primeiro condutor na história da Fórmula 1 a vencer com um automóvel concebido pelo próprio. No final daquela época, aos 40 anos, Brabham conseguiu o seu 3.º título de campeão do mundo.
Em 1966 recebeu o título de Sir, atribuído pela Ordem do Império Britânico.
No ano de 1970 Sir Jack Brabham continuava nas pistas, conseguindo um recorde de longevidade.
Em 1990 o seu nome foi inscrito no Hall of Fame da Federação Internacional de Automobilismo (FIA).
Como referenciar: Jack Brabham in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 02:52:38]. Disponível na Internet: