Jackie Stewart

Piloto escocês de Fórmula 1, John Young Stewart, conhecido por Jackie Stewart, nasceu a 11 de junho de 1939, em Milton, Dunbartonshire, Escócia. Jackie optou por uma carreira no automobilismo por influência familiar. O seu pai tinha sido corredor de motociclismo e o irmão mais velho competia em corridas de carros desportivos.
Começou a competir em carros Jaguar e, depois, transferiu-se para as provas da classe "superturismo".
Em 1964 competia na Fórmula 3 e, dias depois da sua primeira vitória, recebeu um convite para ingressar no escalão máximo do automobilismo mundial, a Fórmula 1. Nesse ano correu pela equipa de Colin Chapman, a Lotus. Em 1965, mudou-se para a British Racing Motors (BRM), onde teve como colega o inglês Graham Hill. Na primeira corrida do ano na África do Sul, Stewart ficou em 6.º lugar, mas viria a ganhar a sua primeira prova na Fórmula 1, em Monza, Itália, ainda no ano de 1965.
Em 1968, mudou-se para a equipa de Ken Tyrrel, conduzindo um carro Matra-Ford. Ganhou três provas nesse ano e ficou em segundo lugar na classificação final do mundial de pilotos.
O primeiro título de campeão surgiu em 1969, ano em que Jackie Stewart ganhou sete das catorze provas do campeonato, com o carro Matra-Ford. Jackie ganhou mais dois títulos do mundial de pilotos na Fórmula Um ao volante de um Tyrrel, em 1971 e 1973, retirando-se no final desse ano com um total de vinte e sete vitórias em Grandes Prémios.
The Flying Scott(O Escocês Voador), como ficou conhecido no mundo da Fórmula Um, foi nomeado para o Hall of Fame da Federação Internacional de Automobilismo, em 1990.
Como referenciar: Jackie Stewart in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-23 12:37:33]. Disponível na Internet: