jainismo

O jaina, também conhecido por jainismo, é uma religião hindu que foi compilada a partir de ensinamentos anteriores pelo sábio Vardhamâna, também conhecido por Mahâvîra, ou o "grande herói", que foi o vigésimo quarto (24.°) profeta jaina. Os antecedentes desta religião foram identificados no vigésimo terceiro (23.°) profeta, chamado de Pârshvanâtha, que teria morrido 250 anos antes de Vardhamâna. O primeiro dos três axiomas principais desta religião, o caminho correto, pode ser obtido através de uma revelação espontânea ou do estudo dos ensinamentos dos mestres e traduz-se numa visão específica do mundo exterior. O segundo axioma, o conhecimento correto pode resultar tanto de ensinamentos como do percurso do caminho correto, como ainda através dos processos de reflexão e de apreensão do conhecimento efetuados através dos sentidos ou da intuição. O terceiro, a conduta correta, deverá ser o resultado natural da observância dos dois axiomas anteriores.
A filosofia que está na base do jainismo resulta de variados conceitos como a Naya-vâda, a ciência do conhecimento do real em todas as suas vertentes que depende de uma série de coordenadas, tais como a experiência ou a comunicação do conhecimento. Um outro conceito que está na sua base é o do Syâd-vâda, ou o caminho destinado a ajustar a existência e a inexistência das coisas relativamente à sua realidade sempre em mudança. O jainismo divide a Natureza em várias categorias, numa das quais estão incluídos os princípios e os seres, que por sua vez contêm a alma, a razão do movimento, do não movimento e o espaço. O jainismo não aceita a existência de uma alma universal mas sim de um sem-número de almas metafisicamente parecidas e com a mesma importância que podem ser modificadas pela lei do Karma, segundo a qual a cada ação corresponde uma reação. A existência, segundo a filosofia jaina, é ainda composta por várias substâncias: um "corpo" que é o veículo do movimento, um "corpo" que permite o repouso dos seres animados, um espaço no qual os seres animados e inanimados podem viver, uma substância que permite a existência da matéria, o espírito que existe por inferência e o tempo.
O jainismo não difere em grande medida das restantes religiões hindus dado que a sua crença está baseada no princípio da transmigração da alma, ou reencarnação, mas, contrariamente ao budismo, acredita na realidade da substância. Os seguidores desta religião são cerca de dois milhões de indivíduos na Índia, maioritariamente pertencentes à classe média de banqueiros e ourives.
Como referenciar: jainismo in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-03-03 20:11:35]. Disponível na Internet: