James Cantalupo

Executivo norte-americano James Richard Cantalupo nasceu a 14 de novembro de 1943, em Chicago, no estado do Illinois, e morreu a 19 de abril de 2004, em Orlando, Florida.
Estudou na Universidade do Illinois, onde se licenciou em Contabilidade. Tornou-se então contabilista oficial, tendo trabalhado entre 1966 e 1974 para a empresa Arthur Young.
Em 1974 foi contratado pela McDonald's, multinacional líder do mercado de restaurantes de fast food, onde começou por trabalhar como supervisor. No ano seguinte, com apenas 32 anos, ascendeu à vice-presidência da empresa. Seis anos mais tarde subiu a vice-presidente sénior, ou seja, com um estatuto que lhe dava ainda mais poderes. Em 1987 James Cantalupo prosseguiu a sua ascensão dentro do grupo, tendo assumido o cargo de presidente da McDonald's International. Quatro anos mais tarde passou a chefe-executivo da mesma divisão do grupo de fast food. Manteve-se neste cargo durante onze anos, até que abandonou a McDonald's em 2002.
Integrou, então, o quadro de diretores da empresa norte-americana Sears Roebuck & Co. e, entretanto, fez parte do Comité de Chicago para as Relações Externas.
Contudo, no primeiro dia do ano 2003 regressou à McDonald's, desta vez como presidente e chefe-executivo de todo o grupo. Liderou então uma revolução na empresa de forma a revitalizar a marca McDonald's em todo o mundo. Apostou na melhoria do serviço, da qualidade e das vendas, tendo desenvolvido novos produtos como as saladas, mais sandes de galinha e o menu "happy meal" para adultos, que incluía fruta e iogurte.
Cantalupo foi desta forma determinante para o relançamento da marca, que nos últimos anos vinha a entrar em decadência em termos financeiros.
Após a morte de James Cantalupo, vítima de ataque cardíaco, durante uma convenção da McDonald's que estava a ter lugar em Orlando, no estado norte-americano da Florida, Charles Bell, que tinha trabalhado a seu lado no período em que Cantalupo revitalizou a empresa, substituiu-o no cargo.
Como referenciar: James Cantalupo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-15 15:47:13]. Disponível na Internet: