James Fox

Ator inglês nascido em 1939. Originário de uma família de intérpretes teatrais, estreou-se nos palcos com apenas nove anos. Em 1950, fez a sua primeira aparição cinematográfica em The Miniver Story (A História dos Miniver, 1950) a que se seguiu The Magnet (1950), ambos sob o nome artístico de William Fox. Na década de 60, assumiu com naturalidade o desempenho de personagens mais amadurecidas e exigentes do ponto de vista de interpretação dramática. O melhor exemplo é The Servant (O Criado, 1963), onde personificou um jovem aristocrata que entra num rumo de degradação moral, sendo controlado em todos os aspetos pelo seu mordomo (Dirk Bogarde). Gradualmente, tornou-se num dos atores mais promissores do cinema britânico, protagonizando títulos populares como Those Magnificent Men in Their Flying Machines (Os Gloriosos Malucos das Máquinas Voadoras, 1965) e Isadora (1968). The Chase (Perseguição Impiedosa, 1966) foi o seu primeiro trabalho em Hollywood, tendo atuado ao lado de Marlon Brando e de Jane Fonda. Nos anos 80, especializou-se no desempenho de personagens aristocráticas, tendo integrado o elenco de sucessos como A Passage to India (Passagem para a Índia, 1984), The Russian House (A Casa da Rússia, 1990), Patriot Games (Jogos de Poder, 1992) e Remains of the Day (Os Despojos do Dia, 1993).
Como referenciar: James Fox in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-19 21:59:54]. Disponível na Internet: