Jan Sterling

Atriz norte-americana nascida a 3 de abril de 1921, em Nova Iorque, e falecida a 26 de março de 2004, em Woodland Hills, na Califórnia.
Educada no seio de uma família abastada de Nova Iorque, Jan Sterling Adriance estudou em escolas privadas da Europa, em Paris e Londres, antes de se fixar em Inglaterra, onde estudou representação na escola de Fay Compton, na capital.
Aos quinze anos, na altura utilizando o nome Jane Sterling, estreou-se num musical da Broadway, onde nos anos seguintes entrou em diversos espetáculos. Devido ao seu sotaque britânico representou diversas vezes papéis de mulheres inglesas. O ponto alto da sua carreira nos palcos aconteceu em 1942 na peça Over 21, onde contracenou com a lendária Ruth Gordon. Em 1947, a atriz estreou-se no cinema em Tycoon sob o pseudónimo Jane Adrian, nome que nunca mais voltou a utilizar. Já com o nome Jan Sterling desempenhou vários papéis secundários nos anos seguintes, com destaque para a interpretação em The Big Carnival, de Billy Wilder, em 1951.
Em 1954, a interpretação de uma mulher que faz um casamento combinado em The High and the Mighty, de William A. Hellman e com John Wayne, valeu-lhe uma nomeação para os Óscares. Apesar de não ter sido premiada pela Academia de Hollywood, acabou por ganhar o Globo de Ouro de interpretação graças ao mesmo filme. Ainda nesse ano, participou num filme inglês que foi a primeira versão cinematográfica da obra literária 1984, de George Orwell.
Até 1969, participou ainda em diversos filmes e programas televisivos, mas, a partir desse ano, dedicou-se apenas à representação em palco. Em 1976, regressou à televisão para participar na série Backstairs at the White House.
Progressivamente deixou a carreira de atriz e passou a dedicar-se a causas humanitárias.
Após vários anos de ausência em atos públicos apareceu num festival de cinema em Los Angeles, no outono de 2001.
Jan Sterling foi distinguida, em 1968, com o Prémio de Carreira do Century Club, composto por deputados judeus do congresso norte-americano, em reconhecimento pela sua colaboração em programas de rádio e televisão em defesa das mulheres judaicas.
Como referenciar: Jan Sterling in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-17 06:14:27]. Disponível na Internet: