Jay Conrad Levinson

Marketeer e gestor norte-americano, Jay Conrad Levinson é por muitos considerado um génio do marketing e da publicidade.
Ao nível publicitário, onde Levinson desenvolveu grande parte da sua carreira profissional, o grande destaque do seu trabalho vai para a campanha desenvolvida para a Marlboro, que se baseou na criação do "homem Marlboro", e que, juntamente com outro conjunto de ações concertadas (onde se incluiu uma estratégia de marketing de guerrilha), permitiu àquela empresa passar em poucos anos de uma posição de quase insignificância no mercado norte-americano para a liderança absoluta a nível mundial. Esse facto levou a que a referida campanha ficasse conhecida como uma das mais bem sucedidas de sempre a nível mundial. Como referido, Jay Conrad Levinson distinguiu-se também na área do marketing de guerrilha (tendo mesmo sido o criador dessa expressão), no âmbito da qual publicou como autor ou coautor a mais bem sucedida, em termos de vendas, série de livros na área do marketing de sempre. A referida série iniciou-se em 1984 com a publicação da obra Guerrilla Marketing, à qual se seguiram muitas outras (cerca de 28), como sejam: Guerrilla Selling (1992), Guerrilla Advertising (1994), Guerrilla Marketing with Technology (1997), e o mais recente Guerrilla Marketing for the New Millenium.
A essência do marketing de guerrilha está no conjunto de técnicas e ideias, por vezes pouco convencionais, que permitem a uma empresa de pequena dimensão tornar-se maior e melhor através de uma estratégia adequada de "guerrilha" (na medida em que se está a lutar com meios inferiores ao das grandes empresas já existentes). A estratégia de guerrilha está por sua vez ligada diretamente à forma como a empresa contacta e mantém os seus clientes, que deve privilegiar acima de tudo os que já fazem parte da carteira da empresa. Juntamente com a Internet, o marketing de guerrilha é considerado um dos principais fatores justificativos do rápido crescimento nos últimos anos de muitas empresas (novas) de pequena dimensão.
O currículo profissional de Jay Conrad Levinson é riquíssimo, destacando-se precisamente as áreas da publicidade e do marketing de guerrilha. O seu percurso profissional inicial foi efetuado na área da publicidade, tendo desempenhado funções em empresas de publicidade como a BBDO, Weiner Gossage e Edward H. Weiss. Em 1962 ingressou na também publicitária londrina Leo Burnett, onde se manteve durante cerca de 5 anos. Em 1967 tornou-se vice-presidente e diretor criativo da J. Walter Thompson (americana), onde desenvolveu um lote alargado de campanhas publicitárias e de marketing com grande sucesso. Mais recentemente, exerceu funções de professor de Marketing de Guerrilha na University of California em Berkeley, foi membro do Microsoft Small Business Council e do 3Com Small Business Advisory Board. Atualmente é diretor da Guerrilla Marketing International, uma empresa que é partner da Adobe e da Apple. Paralelamente, desempenha frequentemente funções de conferencista, líder de seminários, colunista de jornais e revistas especializados, etc.
Como referenciar: Jay Conrad Levinson in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-21 05:59:50]. Disponível na Internet: