Jean-Baptiste Biot

Físico francês, nascido a 21 de abril de 1774, em Paris, e falecido, na mesma cidade, a 3 de fevereiro de 1862. Evidenciou-se sobretudo pelos seus estudos no campo da ótica, tendo recebido, em 1840, a medalha de Rumford da Royal Society.
Em 1803, identificou a origem dos meteoritos e, em 1804, estabeleceu a teoria da condutibilidade calorífica. Nesse mesmo ano, subiu num balão com Gay-Lussac, para estudar o magnetismo terrestre. Em 1806, com Arago, fez as primeiras medições precisas sobre a densidade do ar e de diversos gases. Fez investigações para determinar a velocidade do som nos sólidos e construiu uma teoria matemática para explicar a sua propagação. Desenvolveu estudos experimentais sobre a polarização cromática e rotatória e descobriu, em 1815, o poder rotatório de certos líquidos e soluções. Concebeu, juntamente com o seu colega Felix Savart, a lei de Biot-Savart (antigamente designada por Lei Elementar de Laplace) que permite calcular, em qualquer ponto do espaço, o campo magnético originado por uma determinada corrente elétrica.
Como referenciar: Jean-Baptiste Biot in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-09 21:39:04]. Disponível na Internet: