Jibuti

Geografia
País da África Oriental, cuja designação pode também ter as grafias Djibouti ou Djibuti. Situado no chamado Corno de África, junto ao estreito de Babelmândebe, possui uma área de 23 000 km2. O Jibuti faz fronteira com a Eritreia, a noroeste, a Etiópia, a oeste e a sul, e a Somália, a sudeste, e é banhado, a norte, pelo mar Vermelho e, a leste, pelo golfo de Adém. As cidades mais importantes são Jibuti, a capital, com 46 500 habitantes (2004), Sabieh (10 700 hab.), Tadjura (10 100 hab.) e Dikhil (8 700 hab.).
O território é constituído sobretudo por planícies de origem basáltica, com montanhas que ultrapassam os 1 500 metros de altitude.
Clima
O clima é muito quente e seco. No interior raramente chove e mesmo no litoral a precipitação é muito escassa. É considerado o local habitado mais quente do Mundo, com temperaturas médias de 30 ºC.

Economia
O Jibuti tem uma economia que assenta no tráfego marítimo. A maior parte das divisas estrangeiras do país é obtida através da atividade do porto da capital. A sua localização estratégica, entre o mar Vermelho e o oceano Índico, faz do porto de Jibuti um ponto de escala fundamental numa rota marítima da maior importância. Fazem-se culturas e cria-se gado em alguns oásis, mas a maior parte dos alimentos da população urbana tem de ser importada. Esta situação é justificada pelo facto de apenas 10% do solo ser cultivado e pela aridez do clima. Os produtos exportados são, quase exclusivamente, o gado e as peles. Os principais parceiros comerciais do Jibuti são a França, a Etiópia, a Arábia Saudita e a Itália.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 0,6.

População
A população é de 486 530 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 20,78 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 39,53%o e 19,31%o. A esperança média de vida é de 43,17 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,462 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) não foi atribuído (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 810 000 habitantes. Os nativos, maioritariamente muçulmanos, são compostos por várias etnias. A principal etnia é a somali (60%), seguida da afar (35%), da árabe, etiópia e italiana (5%) . Cerca de 9% da população corresponde a refugiados de países vizinhos. As línguas oficiais são o francês e o árabe.

História
O Jibuti tornou-se independente da França em 1977, depois de 96 anos de domínio colonial francês. Atualmente é uma república multipartidária, em que o presidente governa com uma assembleia legislativa.
Como referenciar: Jibuti in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-04-05 09:47:31]. Disponível na Internet: