João de Ruão

Escultor e arquiteto normando que permaneceu em Portugal por mais de cinquenta anos. Nasceu certamente na última década do século XV. Em 1530 estava em Coimbra a colaborar na decoração do coro da Igreja de Santa Cruz. Destacou-se como mestre de baixos-relevos, granjeando fama com as suas composições de cariz popular. Toda a região centro está pejada de obras religiosas deste artista ou saídas da sua oficina. Característicos de João de Ruão são os retábulos de Varziela, os da Igreja de S. Silvestre ou o túmulo de João da Silva, em S. Marcos. Por volta de 1550, a sua atividade artística cessa, passando a gerir a oficina então construída em Coimbra. Faleceu em 1580.
Como referenciar: João de Ruão in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-09 02:54:30]. Disponível na Internet: