Jogos Olímpicos de Los Angeles, 1932

A X edição dos Jogos Olímpicos realizou-se em Los Angeles, entre 30 de julho e 14 de agosto, com a participação de 1420 atletas oriundos de 38 países.
A crise económica com que o mundo se deparava, juntamente com o perigo das viagens intercontinentais, na altura ainda pouco seguras, levou a que o número de participantes na competição decrescesse em relação à anterior edição dos Jogos.
Apesar disso os resultados desportivos atingiram bom nível e a organização esteve em bom plano, fazendo esquecer o fracasso americano de 1904. Em Los Angeles foi introduzida a inovação tecnológica nas provas de velocidade em atletismo: o Photo-Finish, que permite esclarecer a ordem de chegada dos atletas.
Desportivamente, os Estados Unidos da América dominaram os Jogos, conquistando 104 medalhas, 41 de ouro, 32 de prata e 31 de bronze. A atleta Mildred Didriksen cometeu uma proeza inédita ao conseguir medalhas olímpicas em disciplinas de corrida, salto e lançamento.
Os atletas japoneses evidenciaram-se principalmente na natação, onde conquistaram cinco medalhas de ouro, cinco de prata e duas de bronze.
Os espírito e ideal olímpicos ficaram bem presentes nestes Jogos Olímpicos.
O finlandês Lauri Lehtinem, vencedor dos 1000 metros em atletismo, dividiu a sua medalha de ouro com o americano Ralph Hill, por reconhecer ter impedido a ultrapassagem do seu adversário de forma antirregulamentar nos últimos metros de corrida. Relevante foi a vitória da polaca Stanislawa Walasiewicz na corrida de 100 metros femininos. Mais tarde, aquando da sua morte em 1980, veio a descobrir-se que a atleta era, na verdade, um homem.
A delegação portuguesa nestes Jogos Olímpicos foi constituída por apenas seis atletas que competiram em três modalidades. Portugal não conquistou nenhuma medalha. Rafael Sousa, José Maria Ferreira e Francisco António Real foram os representantes lusitanos na prova de tiro e obtiveram a melhor classificação da comitiva, com o sétimo lugar.
Como referenciar: Jogos Olímpicos de Los Angeles, 1932 in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-09 02:17:25]. Disponível na Internet: