Jogos Olímpicos de Roma, 1960

A XVII edição dos Jogos Olímpicos realizou-se em Roma, Itália, entre os dias 25 de agosto e 11 de setembro, com participação de 5338 atletas de 83 países, que competiram num total de 17 desportos.
Os italianos já tinham tentado organizar as Olimpíadas em anos anteriores, mas o privilégio foi-lhes sempre recusado, mesmo depois de, em 1908, a cidade de Roma ter sido inicialmente designada como a sede dos Jogos daquele ano.
As competições de 1960 foram consideradas como uma mistura do clássico com o, então, atual, uma vez que os italianos organizaram a disputa de algumas modalidades em locais históricos de Roma e, por outro lado, construíram um estádio olímpico onde decorreu outra parte da competição olímpica. Os Jogos Olímpicos de Roma conseguiram bater o recorde de participações por países que estava fixado em 69 (desde Helsínquia, em 1952), passando para 83.
A surpresa destes jogos veio dos Estados Unidos da América, que, depois de terem mostrado a sua superioridade no atletismo quatro anos antes, em Melbourne, se deixaram vencer pelos atletas europeus. No entanto, uma estrela brilhou na comitiva norte-americana. Wilma Rudolph, conhecida como a "Gazela Negra", conseguiu o feito de ganhar três medalhas de ouro nos 100 metros, 200 metros e 400 metros estafeta em atletismo, igualando a holandesa Fanny Blankers-Koen que, doze anos antes, tinha conseguido o mesmo.
O etíope Abebe Bikila também ficou na história desta edição olímpica ao ganhar a maratona, competindo descalço. Em 1960, Yang Chuang-Kwang tornou-se no primeiro chinês a conquistar uma medalha olímpica, com sete vitórias no decatlo.
Os Jogos Olímpicos de Roma foram os primeiros a ser transmitidos em direto pela televisão, e ficaram marcados pela morte do ciclista dinamarquês Knut Jensen, causada pelo excesso de estimulantes no sangue.
Esta edição das Olimpíadas foi a última em que a África do Sul participou, enquanto vigorou naquele país a política do apartheid. A África do Sul não foi convidada a integrar as competições seguintes de 1964 e 1968, acabando por ser expulsa em 1970.
Portugal enviou uma delegação composta por 65 atletas, entre os quais apenas 5 mulheres. A classificação final dos atletas portugueses ficou aquém das expectativas, mas a dupla constituída pelos irmãos José e Mário Quina conseguiu alcançar a medalha de prata na modalidade de vela, na classe "Star".
O país que juntou maior número de medalhas foi a Rússia, com um total de 103 medalhas: 43 de ouro, 29 de prata e 31 de bronze. Em segundo lugar ficaram os Estados Unidos da América, com 71 medalhas.
Como referenciar: Jogos Olímpicos de Roma, 1960 in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-06 06:15:39]. Disponível na Internet: