John Carpenter

Realizador, argumentista, produtor e ator norte-americano, de nome completo John Howard Carpenter, nasceu a 16 de janeiro de 1948, em Carthage, Nova Iorque. Desenvolveu uma multifacetada carreira de compositor, argumentista, realizador, produtor e ator. Tendo estudado na Universidade de Western Kentucky e depois na Escola de Cinema USC, em Los Angeles, começou pelas curtas-metragens em 1962, como Dark Star (que em 1973 foi transformado numa longa-metragem), tendo ganho um Óscar pela sua curta-metragem The Resurrection of Broncho Billy (A Ressurreição de Bronco Billy), em 1970. A partir de então, iniciou uma prolífica carreira no cinema, caracterizada por filmes de terror em que os "maus" são "zombies" sem personalidade e as personagens principais masculinas uma espécie de anti-heróis. Considera que os Estados Unidos da América constituem um país violento que menospreza o seu trabalho, ao contrário da Europa, onde é respeitado como autor e realizador. Compõe as bandas sonoras dos seus filmes utilizando sintetizadores e teclados, e inclui no elenco dos seus filmes músicos como Ice Cube, Isaac Hayes ou Jon Bon Jovi. O filme que começou por lhe dar notoriedade foi Halloween (O Regresso do Mal, 1978), a que se seguiram The Fog (O Nevoeiro, 1980), Escape for New York (Nova Iorque 1997, 1981), The Thing (Veio do Outro Mundo, 1982), um remake dum filme do seu ídolo Howard Hawks, Christine (Christine, o Carro Assassino, 1983), Starman (O Homem das Estrelas, 1984), Big Trouble in Little China (As Aventuras de Jack Burton nas Garras do Mandarim, 1986), Prince of Darkness (Príncipe das Trevas, 1987), They Live (Eles Vivem, 1988), Village of the Damned (A Cidade dos Malditos, 1995), In The Mouth of Madness (A Bíblia de Satanás, 1995) - Prémio da Crítica Fantasporto -, Escape From L.A. (1996), Vampires (Vampiros de John Carpenter, 1998) - Prémio Saturn, em 1999 - e Ghosts of Mars (Fantasmas de Marte, 2001), dos quais é responsável pela realização e também, em alguns casos, pelo argumento, banda sonora, montagem e produção. Aparece como ator em alguns dos seus filmes. É um fã de Cadillacs antigos e de Elvis Presley, sobre quem fez um filme para televisão, Elvis (1979).
Como referenciar: John Carpenter in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 14:47:10]. Disponível na Internet: