John Cassavetes

Cineasta e ator norte-americano nascido a 9 de dezembro de 1929, em Nova Iorque e falecido a 3 de fevereiro de 1989, em Los Angeles, vítima de cirrose hepática. Influenciado pelo cinema francês da Nouvelle Vague, imprimiu um estilo diferente aos filmes americanos. Filho de emigrantes gregos, entrou, em 1947, na Academia de Artes Dramáticas de Nova Iorque. Em 1950, começou a fazer teatro amador e tentou a sua sorte no cinema. A sua estreia teve lugar através duma figuração em Fourteen Hours (14 Horas, 1951), a que se seguiram uma série de trabalhos televisivos. Começou a aparecer regularmente em papéis cinematográficos enquanto delinquente juvenil, destacando-se em Crime in the Streets (Juventude em Perigo, 1956) e Edge of the City (1957). Desiludido com a qualidade dos filmes que interpretava, decidiu-se a enveredar pela realização: com meios reduzidos, conseguiu filmar Shadows (1959), uma intimista história de amor inter-racial entre uma jovem negra e um rapaz branco. Apesar das dificuldades em arranjar um distribuidor comercial, o filme recebeu o Prémio da Crítica no Festival de Veneza. Após uma série de desastres comerciais, regressou à sua carreira de ator, protagonizando The Dirty Dozen (Doze Indomáveis Patifes, 1967), Devil's Angels (Os Anjos do Diabo, 1967) e o filme de terror Rosemary's Baby (A Semente do Diabo, 1968), arranjando assim fundos para filmar Husbands (1970), com Peter Falk e Ben Gazzara, e A Woman Under the Influence (Uma Mulher Sob Influência, 1974), filme que guindou ao estrelato a sua esposa Gena Rowlands. Da sua filmografia, constam ainda Gloria (Glória, 1980), Love Streams (Amantes, 1984) e Big Trouble (A Grande Burla, 1986).
Como referenciar: John Cassavetes in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-16 03:29:54]. Disponível na Internet: