John Spencer

Ator norte-americano de seu nome verdadeiro John Speshock, nasceu a 20 de dezembro de 1946 em New Jersey, e morreu a 16 de dezembro de 2005, em Los Angeles. Ainda estudante, adotou o seu nome de estrela quando começou a atuar, tendo tido a sua grande oportunidade quando ainda adolescente foi escolhido para o papel de Henry Anderson para a série televisiva The Patty Duke Show (1963). Após o programa sair de exibição, frequentou a Universidade Fairlegh Dickinson, em Teaneck, e mais tarde pediu transferência para a Universidade de Nova Iorque. Acabou por desistir dos seus estudos para perseguir uma carreira na representação.
No início dos anos 70, começou a trabalhar no teatro e em 1981 ganhou o prémio Obie pelo seu desempenho na peça Still Life, no papel de um veterano do Vietname. Em 1983, estreou-se no cinema num pequeno papel em Echoes, a que se seguiu no mesmo ano também um pequeno papel em War Games (Jogos de Guerra), de John Badham. Continuou a trabalhar em diversos filmes e fez também alguma televisão. Em 1988, recebeu a nomeação para o prémio Drama Desk pelo seu papel na peça The Day Room. No ano seguinte, entrou no thriller protagonizado por Al Pacino Sea of Love (Perigosa Sedução) e em Black Rain (Chuva Negra) com Michael Douglas. Em 1990, teve a sua grande oportunidade quando ganhou o papel de Tommy Mullany, um advogado duro mas de bom coração na série televisiva de sucesso L.A. Law (As Teias da Lei), papel que interpretou até ao final da série em 1994.
O sucesso permitiu-lhe entrar em filmes de maior êxito, como é o caso de Presumed Innocent (Presumível Inocente, 1990), no papel de detetive, um filme realizado por Alan J. Pakula; na comédia romântica Green Card (Casamento por Conveniência, 1990), de Peter Weir; Forget Paris (Esquecer Paris, 1995); fez de diretor do FBI em The Rock (O Rochedo, 1996), de Michael Bay; e participou no thriller Copland (Zona Exclusiva, 1998). Em 1999, desempenhou o seu papel de eleição: Leo McGarry, o chefe do gabinete do presidente, papel interpretado por Martin Sheen, na série televisiva The West Wing (Os Homens do Presidente), pela qual ganhou o prémio Screen's Ator Guild em dois anos simultâneos (2001 e 2002), tendo também sido nomeado por cinco vezes para o Emmy de Melhor Ator Secundário, que acabou por ganhar em 2002.
Estava a trabalhar nesta série quando sofreu um ataque cardíaco, tendo acabado por falecer em dezembro de 2005 no Hospital de Los Angeles, a quatro dias de completar os 59 anos.
Como referenciar: John Spencer in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-17 10:13:32]. Disponível na Internet: