José Cura

Tenor e maestro argentino nascido a 5 de dezembro de 1962, em Rosário, na Argentina.
Aos 16 anos, começou a estudar piano com Zulma Cabrera e composição com Carlos Castro e, em 1982, entrou para a Escola de Artes da Universidade Nacional de Rosário, tornando-se, passado um ano, assistente do maestro do coro da Universidade. Desistiu da carreira de jogador de rugby, para se dedicar ao aperfeiçoamento das suas capacidades vocais. Ganhou uma bolsa para estudar composição e direção na Escola de Artes do Teatro Colón, em Buenos Aires.
Em 1991, com o objetivo de impulsionar a sua carreira como cantor, mudou-se para a Europa, instalando-se, em Verona (Itália), com a mulher, Sílvia, e o seu primeiro filho. Depois mudou-se para perto de Paris e, posteriormente, estabeleceu-se com a esposa e os três filhos, em Madrid. Em 1992, conheceu o tenor Vittorio Terranova que o ajudou a aperfeiçoar o estilo de ópera italiano. Em 1993, desempenhou o papel de Jean, em Miss Julie de William Alwyn, em Trieste (Itália), com grande sucesso. Em 1994, Cura ganhou as principais distinções do concurso internacional de ópera Operalia e, um ano depois, estreou-se como cantor nos Estados Unidos da América. Seguiram-se inúmeros concertos a nível mundial e, em 1997, lançou o seu primeiro disco, Puccini Arias.
Em 1999, José Cura foi distinguido com o doutoramento Honoris Causa pela Universidade de CAECE, em Buenos Aires, e condecorado com o título de Cidadão de Honra, pela cidade do Rosário. Em 2000, recebeu o título de Cavaleiro da Ordem do Cedro do Governo libanês.
Para além da sua carreira como cantor, José Cura exerce igualmente as funções de maestro. Em fevereiro de 2003, na Ópera de Hamburgo, tornou-se o primeiro artista a realizar as duas funções simultaneamente. O cantor argentino desempenha estes dois papéis tanto em concertos, como em discos.
José Cura, um ator carismático e com performances inovadoras em palco, é conhecido pelas suas interpretações intensas de grandes personagens de importantes óperas, como em Otelo de Verdi, ou em Sansão de Camille Saint-Saëns.
Como referenciar: José Cura in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-05-26 09:31:59]. Disponível na Internet: