José Fernandes Fafe

Poeta e ensaísta, nascido a 31 de janeiro de 1927, no Porto, licenciou-se em Ciências Histórico-Filosóficas pela Universidade de Coimbra. Colaborou nas revistas Vértice, Gazeta Musical e de Todas as Artes, Seara Nova, Portucale, Cadernos do Meio-Dia e Notícias do Bloqueio. Depois do 25 de abril foi, sucessivamente, embaixador de Portugal em Cuba, no México e em Cabo Verde. Destacado representante da segunda geração neorrealista, a sua poesia, como confessa no prefácio a Poesia: Quase Toda e Até Agora (1987), deveu à influência, entre outros, de Carlos de Oliveira simultaneamente a atração pelo neorrealismo e "a responsabilidade da forma". Começando por assumir o seu compromisso com o real e com o social, a sua obra poética acolheu aquisições do legado surrealista e da poesia experimental, sem nunca deixar de reivindicar, por vezes, com cáustica ironia, a igualdade e a justiça social.
Como referenciar: José Fernandes Fafe in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-01-18 11:34:16]. Disponível na Internet: