José Luis Zapatero

Político e governante espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero nasceu 4 de agosto de 1960, em Valladolid, Espanha. No entanto, foi criado em León, onde o seu pai exercia a profissão de advogado. Seguiu as pisadas do pai e licenciou-se em Direito Constitucional na Universidade de León. Acabou por ser contratado por esta instituição como professor de Direito Político.
Em paralelo desenvolveu uma carreira política, iniciada aos 19 anos quando se filiou no PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol). Três anos mais tarde, em 1982, passou a secretário da secção do partido em León. Em 1986, com 26 anos, tornou-se no mais jovem deputado da assembleia espanhola, ao ser eleito pela província de León.
Em 1988 passou a ser o secretário-geral da Federação Socialista de León e em 1990 foi eleito vogal do Comité Federal do PSOE. No ano seguinte, foi reeleito secretário-geral do PSOE de León, com 98 % dos votos. Dois anos depois, foi novamente eleito deputado à assembleia nacional pelo círculo de León. Três anos mais tarde encabeçou a lista do SPOE nas eleições legislativas e voltou a conquistar lugar como deputado na assembleia, tendo sido escolhido pelo partido para porta-voz da Comissão de Administração Pública.
Em 2000 foi eleito novamente deputado pelo círculo de León, apesar da pesada derrota sofrida pelo PSOE nessas eleições legislativas face ao Partido Popular (PP) de José Maria Aznar. O PSOE entrou em grande crise política, que originou a demissão do líder Joaquín Almunia. José Luis Zapatero anunciou a sua intenção de se candidatar à liderança do partido e foi eleito secretário-geral do PSOE a 22 de julho de 2000, batendo o favorito José Bono. Passou, assim, a ser líder da oposição ao governo de Aznar, chefiando também o grupo parlamentar socialista na assembleia.
Em outubro de 2003 assumiu a vice-presidência da Internacional Socialista, liderada pelo português António Guterres.
Na campanha eleitoral para as eleições legislativas de março de 2004, Zapatero anunciou que se ganhasse e chegasse a primeiro-ministro iria mandar sair as tropas espanholas do território de guerra no Iraque, mas mesmo assim as sondagens indicavam o PP, agora liderado por Mariano Rajoy, como provável vencedor.
A 17 de abril de 2004 Zapatero tomou posse perante o Rei Juan Carlos como chefe do governo espanhol, depois do PSOE ter ganho as eleições legislativas de 14 de março, onde derrotou o PP de Rajoy com 42,6 % dos votos, mais cinco que o concorrente.
Logo no dia 18 de abril, José Luis Zapatero anunciou a retirada das tropas espanholas do Iraque.
Como referenciar: José Luis Zapatero in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-21 21:05:05]. Disponível na Internet: