José Teixeira

Linguista português e Professor de Linguística no Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade de Minho, José de Sousa Teixeira nasceu em Amares (distrito de Braga), a 14 de novembro de 1960. Concluiu licenciatura em Humanidades pela Faculdade de Filosofia da Universidade Católica de Braga em 1984. Realizou Provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica em 1990 na Universidade do Minho. Em 2000, terminou dissertação de doutoramento em Linguística, apresentada à Universidade do Minho, cujo tema "A verbalização do espaço: modelos mentais de frente/trás" representou mais um relevante contributo no âmbito da investigação em Semântica Cognitiva e da sua aplicação à língua portuguesa.
No campo pedagógico, começou por lecionar na Universidade Católica Portuguesa de Braga (1984 e 1986), tendo entrado em 1986 como Assistente de Linguística para a Universidade do Minho, onde tem permanecido até então. Leciona e coordena várias disciplinas do campo da Linguística e da Didática da Língua Portuguesa em cursos de graduação, de mestrado e de Português Língua Estrangeira. É colaborador do núcleo de apoio de Braga da Universidade Aberta, desde junho de 1990, na prestação de auxílio permanente na área de Didática da Língua Portuguesa e Linguística Portuguesa. Desde 2001, é o responsável pela cadeira de pós-graduação de Teoria Semântica.
É Membro da Direção do Mestrado em Linguística e coordenador dos cursos de Português Língua Estrangeira desde 2001. É também membro da Comissão de Curso das Licenciaturas em Ensino de Português-Inglês, desde 2000 e de Português-Alemão, desde 2002. Foi também membro das comissões científica e redatorial da Revista Diacrítica – Série Ciências da Linguagem, publicada pela Universidade do Minho. Participou na organização de eventos, de onde se destacam o XII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística (realizado na Universidade do Minho, Braga-Guimarães, 30 de setembro a 2 de outubro de 1996), o Encontro de História da Língua e História da Gramática (Universidade do Minho, 16, 17, 18 novembro/2000) e o Encontro "Edição de Textos" (Universidade do Minho, 21 de maio de 2002).
Dos inúmeros trabalhos publicados em livros, revistas, enciclopédias e atas de conferências, destacam-se os estudos em modelos mentais de representação do espaço e sua verbalização em Português Europeu, como se pode verificar pelos seguintes títulos:
1990, Verbos de Movimento Referenciado a um Sujeito, trabalho de síntese para as provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica (Texto Policopiado), Universidade do Minho, Braga.
1993, "Subir - Descer - Cair e a configuração do traço [verticalidade]" in Diacrítica, n.º 8, Universidade do Minho, Braga.
1995, "VIR, VOLTAR, CHEGAR: espacialidade e ponto de referência" in Diacrítica, n.º 10, Universidade do Minho, Braga.
1998, "Verbos de movimento e configuradores espaciais", in Atas do XIII Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística, Associação Portuguesa de Linguística, Lisboa.
1999, "Modelos Cognitivos e Orientação Intrínseca dos Objetos" in VILELA, Mário e SILVA, Fátima (Orgs.), Atas do 1.º Encontro Internacional de Linguística Cognitiva Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Porto.
2000, A Configuração Linguística do Espaço no Português Europeu: modelos mentais de frente/trás. Dissertação de Doutoramento (Texto Policopiado), Universidade do Minho, Braga
2001, A Verbalização do Espaço: modelos mentais de frente/trás, Universidade do Minho/Centro de Estudos Humanísticos, Coleção Poliedro, Braga.
2001, "As confusões da esquerda e da direita (Configuração linguística da lateralidade)", in SILVA, A. Soares da (Org.), Linguagem e Cognição – A perspetiva da Linguística Cognitiva, Associação Portuguesa de Linguística/Universidade Católica Portuguesa-Faculdade de Filosofia, Braga.
Como referenciar: José Teixeira in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-17 18:11:38]. Disponível na Internet: