Juan de Herrera

Arquiteto espanhol nascido em 1530, em Santander, e falecido em 1597, em Madrid. Estudou humanidades na Universidade de Valladolid e, após ter servido no exército de Filipe II em Bruxelas, foi colocado como colaborador de Juan Bautista de Toledo na construção do Mosteiro de São Lourenço do Escorial, edifício que Filipe II pretendia ser o seu grande legado para a posteridade, um símbolo em simultâneo da grandeza do império espanhol e da devoção religosa deste rei. Toledo havia estudado e trabalhado em Roma com Michelangelo e foi chamado pelo monarca para dirigir a construção do Mosteiro em 1563. Após a sua morte em 1667 foi substituído por Juan Herrera que alterou substancialmente os planos iniciais, e influenciou o gosto de Filipe II. A fachada principal, a igreja e a enfermaria são de sua total autoria. Feito em plena época da contrarreforma religiosa, o edifício é um exemplo de austeridade arquitetónica.
Juan Herrera trabalhou também noutros projetos reais, como o palácio de Aranjuez ou o Alcazár de Toledo. Foi também autor do projeto da Catedral de Valladolid que deixou incompleto e que foi posteriormente muito alterado.
Como referenciar: Porto Editora – Juan de Herrera na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-08 00:58:06]. Disponível em