Juan Fontcuberta

Fotógrafo catalão, nascido em 1955, em Barcelona, descobriu a fotografia enquanto fazia os seus estudos de jornalismo na Universidade Autónoma de Barcelona. Apresentou pela primeira vez os seus trabalhos naquela cidade em 1974.
Deu aulas de fotografia entre 1977 e 1979 e durante os anos 80 integrou o corpo docente da área da fotografia da Escola de Belas-Artes de Barcelona. Foi cofundador da revista espanhola Photovision (1981) e editor da BCN Fotografia (1977-1979). Fontcuberta tornou-se um dos protagonistas da inovação plástica e estética da nova fotografia espanhola. Influenciado pela escola da pintura surrealista catalã desenvolveu uma técnica de manipulação da fotografia. O seu trabalho sobre animais (Animals - 1977) é bem representativo deste método em que a fotografia sofre uma interação para além dos processos convencionais.
No decorrer dos anos 80 realiza uma série de imagens em que mistura a fotografia com outros meios de expressão plástica. Em 1993 apresenta o seu trabalho The theory of botany - the theory of anatomy. Neste trabalho, Fontcuberta analisa os "pares" natureza-artificial e realidade-representação.
A obra deste fotografo catalão tem sido fortemente divulgada em vários museus de todo o mundo, como é o caso da Fundação Miró e do M.O.M.A. (Museum Of Modern Art) de Nova Iorque.
Como referenciar: Juan Fontcuberta in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-26 22:14:01]. Disponível na Internet: