Julia Navarro

Jornalista e escritora espanhola nascida em 1953, em Madrid.
Julia Navarro foi jornalista da área da política tendo trabalhado em revistas como a Panorama e a Interviú, na rádio Cadena Ser, e nos canais televisivos TVE e Telecinco, tudo meios de comunicação social espanhóis. Trabalhou ainda na agência de notícias Europa Press. Em 2004, lançou em Espanha o seu romance de estreia, La Hermandad de la Sabána Santa (A Irmandade do Santo Sudário), que se tornou num grande êxito literário do ano, em Espanha, ao atingir meio milhão de exemplares vendidos. Ainda nesse ano, o livro foi lançado em Portugal. O romance ficciona sobre o Santo Sudário, o pano que terá servido para cobrir o corpo de Jesus Cristo, tendo por ponto de partida um incêndio na Catedral de Turim na atualidade.
Após o sucesso de A Irmandade do Santo Sudário, em 2005 Julia Navarro começou a escrever um novo romance, La Biblia de Barro, uma história sobre traficantes de arte, assassinos, padres que ouviram confissões perigosas e homens poderosos que dominam em secretismo. Durante a elaboração deste livro Julia Navarro escreveu parte do romance ao vivo na internet.
Antes de se dedicar à ficção, Julia Navarro já havia escrito três livros sobre política 1982-1996, entre Felipe y Aznar, La Izquierda que Viene, El Nuevo Socialismo: la Visión de José Luis Rodríguez Zapatero.
Como referenciar: Julia Navarro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-23 21:22:29]. Disponível na Internet: