Keanu Reeves

Ator do cinema norte-americano, Keanu Charles Reeves nasceu a 2 de setembro de 1964, em Beirute, no Líbano. Herdou o seu aspeto exótico do pai, de origem chinesa e havaiana, e da mãe inglesa. Devido à profissão do pai, um geólogo, Reeves percorreu quase o mundo inteiro, e foi no Canadá que frequentou uma escola de arte dramática, durante a adolescência. Começou a participar em produções televisivas e, mais tarde, conseguiu um papel num filme americano rodado nesse país. Resolveu então partir para Hollywood e demonstrar a sua versatilidade como ator. Começou a chamar a atenção dos críticos no filme de Stephen Frears Dangerous Liaisons (Ligações Perigosas, 1988), ao lado de nomes como os de John Malkovich e Michelle Pfeiffer. Participou nas comédias I Love You to Death (Amar-te-ei Até Te Matar, 1990), juntamente com Kevin Kline, River Phoenix e William Hurt e Aunt Julia and the Scriptwriter (A Paixão de Júlia, 1990), um filme divertido baseado no romance do escritor peruano Mario Vargas Llosa. No ano seguinte contracena mais uma vez ao lado do já falecido River Phoenix, na altura o adolescente-prodígio de Hollywood, em My Own Private Idaho (A Caminho de Idaho, 1991), um filme perturbante que consagrou Reeves como um ator sério, o que viria a contribuir para que o realizador Francis Ford Coppola o juntasse à equipa de Dracula (Drácula, 1992), constituída por nomes famosos como os de Gary Oldman, Winona Ryder e Anthony Hopkins. Nesta produção de sucesso, Reeves desempenha o papel do advogado desafortunado que tenta combater a maldição do Conde Drácula. No ano seguinte, participa na belíssima adaptação da peça de Shakespeare feita por Kenneth Branagh, Much Ado About Nothing (Muito Barulho Por Nada, 1993) e é o príncipe Siddhartha no filme Little Buddha (O Pequeno Buda, 1993), do realizador Bernardo Bertolucci. Um ano depois, Reeves torna-se, subitamente, uma estrela de um filme de ação, no enorme êxito de bilheteira Speed (Speed - Perigo a Alta Velocidade, 1994). Nos anos seguintes, protagoniza filmes menos comerciais como Johnny Mnemonic (1995), A Walk in the Clouds (Um Passeio nas Nuvens, 1995), Chain Reaction (Perseguição Diabólica, 1996) e Feeling Minnesota (A Mulher do Meu Irmão, 1996), no qual contracena com Cameron Diaz. Em 1997, contudo, volta a participar numa grande produção, desempenhando o papel do jovem advogado no filme The Devil's Advocate (O Advogado do Diabo), ao lado de Al Pacino. Entretanto, recusa o papel para a sequela de Speed, mas protagoniza um filme que foi um estrondoso sucesso, The Matrix (1999), uma fantástica aventura futurista. Posteriormente, Reeves participou em filmes como The Watcher (24 Horas para Matar, 2000) e Sweet November (2001). Em 2003, o ator volta a aparecer nos grandes ecrãs, mais uma vez no papel de Neo, com o lançamento de The Matrix Reloaded, cuja sequela é concluída no mesmo ano com The Matrix Revolutions. Ainda nesse ano, Keanu Reeves, contracenando com Diane Keaton e Jack Nicholson, participa na comédia romântica de Nancy Meyers, Something's Gotta Give (Alguém Tem que Ceder).
Keanu Reeves é também membro de uma banda de música de nome Dogstar.
Como referenciar: Keanu Reeves in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 15:12:56]. Disponível na Internet: