Kevin Spacey

Ator norte-americano, Kevin Spacey Fowler nasceu a 26 de julho de 1959, em New Jersey, EUA. Em 1981, depois de ser expulso de uma academia militar, inscreve-se num curso de Arte Dramática, em Los Angeles. Nesse ano, num festival de teatro realizado em Nova Iorque, pisa pela primeira vez os palcos com a peça Henry IV de William Shakespeare. Aos 27 anos, estreia-se no cinema num minúsculo papel, ao lado de Meryl Streep e Jack Nicholson, em Heartburn (A Difícil Arte de Amar, 1986). Aos poucos, vai construindo uma sólida carreira na Broadway, chegando mesmo a ganhar um Tony, em 1991. O seu primeiro papel cinematográfico de destaque foi o do assassino em série de Se7en (Sete Pecados Mortais, 1995). O filme foi um sucesso à escala mundial e Spacey foi bastante elogiado pela crítica. Seguiu-se a sua interpretação de Roger Kint, o brilhante chefe do crime que consegue esconder da Polícia a sua verdadeira identidade em The Usual Suspects (Os Suspeitos do Costume, 1995). A sua brilhante atuação valeu-lhe um Globo de Ouro e o Óscar para Melhor Ator Secundário. Seguiram-se outros papéis importantes: o de promotor público em A Time to Kill (Tempo de Matar, 1996), ao lado de Sandra Bullock e Samuel L. Jackson; o de detetive corrupto em L.A Confidential (1997), onde contracenou com Russell Crowe e Kim Basinger; o de "bon vivant" excêntrico em Midnight in the Garden of Good and Evil (Meia-Noite no Jardim do Bem e do Mal, 1997) dirigido por Clint Eastwood; e o de negociador de reféns no filme de ação The Negociator (O Negociador, 1998), novamente ao lado de Samuel L. Jackson. Ganha novamente o Óscar, desta vez para Melhor Ator, pela sua sóbria atuação como Lester Burnham, um homem de meia-idade à beira de um esgotamento e que se torna obcecado pela melhor amiga da sua filha no drama American Beauty (Beleza Americana, 1999). Spacey nunca escondeu a sua admiração profunda pelo ator Jack Lemmon, que considerava o seu guru, tendo mesmo protagonizado um dos momentos mais comoventes da história da estação televisiva CNN quando, a 28 de junho de 2001, no dia seguinte à morte de Jack Lemmon, fez um discurso de despedida ao veterano ator no programa Larry King Live. Desde então, tornou-se um dos atores mais requisitados de Hollywood, protagonizando Pay It Forward (Favores em Cadeia, 2000), The Shipping News (2001), The Life of David Gale (Inocente ou Culpado?, 2003) e Beyond the Sea, um filme que ele mesmo dirigiu em 2004.
Como referenciar: Kevin Spacey in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-11 19:58:07]. Disponível na Internet: