Kinich Ahau

Era na mitologia maia o deus do Sol, que um pássaro de fogo representava (podem-se ver as claras semelhanças com a Serpente Emplumada ou Quetzalcoátl). O seu nome significa rosto do Sol, sendo o deus do dia, do vigor e do fogo. As suas representações são variadas, podendo aparecer como um ancião ou como um jovem.
Este deus-herói, que inventou a escrita hieroglífica e o desenho, era considerado pai de Itzama.
Kinich Ahau ostentava o hieróglifo kin, o do Sol, na testa e no vestuário. Daí que seja chamado por vezes Ah Kin (o do Sol).
Como referenciar: Porto Editora – Kinich Ahau na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-01-26 13:56:05]. Disponível em