Labrídeos

Família de animais marinhos, de que se conhecem cerca de quinhentas espécies, do tipo dos cordados da classe dos peixes ósseos ou Osteichthyes da ordem dos perciformes. Encontram-se nas águas temperadas e quentes sobre os fundos mais variados desde a areia ou rochedos até as regiões ricas em algas marinhas. Contudo é em torno dos recifes coralinos que os Labrídeos são mais numerosos e mais coloridos. Reconhecem-se pela língua protráctil rodeada de lábios espessos.
Os Labrídeos, na sua maior parte, apresentam dimorfismo sexual e sobretudo um dicroísmo sexual muito marcado.
O bodião (Labrus bimaculatus) macho é um labrídeo com o dorso esverdeado e com bandas longitudinais amarelas. O ventre é amarelo. A barbatana dorsal é amarela marginada a azul. São da mesma cor a barbatana anal e a pélvica. A barbatana caudal é escura. A fêmea apresenta o corpo vermelho com manchas azuis na porção dorsal. A barbatana dorsal é amarela com a porção anterior e bordo superior azul. Traços azuis sobre o focinho e em torno do globo ocular. A espécie Labrus bergylta é o maior labrídeo do Atlântico com um comprimento de sessenta centímetros.
São numerosos os labrídeos que constroem os seus ninhos com algas ou depositam os ovos nas fissuras dos rochedos e os defendem contra os intrusos. São sobretudo carnívoros que caçam durante o dia solitários ou em pequenos grupos, alimentando-se de moluscos, caranguejos e ouriços-do-mar que eles trituram entre os seus dentes faringeanos.
Como referenciar: Labrídeos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 05:48:46]. Disponível na Internet: