lactação

A lactação é a produção de leite por ação de hormonas nas glândulas mamárias. O leite é rico em anti-corpos que ajudam a prevenir infeções no trato digestivo dos lactentes.
Os elevados níveis de estrogénio, progesterona e lactogénio de origem placental que se atingem no fim da gravidez estimulam o hipotálamo a segregar prolactina.
Durante os dois ou três primeiros dias é segregado um líquido amarelado denominado colostro. O colostro tem uma concentração menor de lactose e gordura que o leite mas contêm mais proteínas, vitamina A e sais minerais. Da mesma maneira que o leite o colostro é muito rico em anti-corpos. Atendendo a que estes anticorpos são provavelmente digeridos no trato intestinal, é duvidoso que propiciem uma imunidade passiva à criança (como é geralmente afirmado), mas ajudam a prevenir infeções bacterianas no trato digestivo.
Depois do nascimento a prolactina reduz-se gradualmente para níveis idênticos aos do pré-nascimento, e a produção contínua de leite depende de um estímulo mecânico dos mamilos devido à sucção pelo bebé.
Mecanoreceptores existentes nos mamilos provocam impulsos nervosos em nervos aferentes para o hipotálamo, estimulando a secreção de prolactina que estimula a produção de leite. Os mesmos impulsos que atingem o hipotálamo estimulam a pituitária a produzir oxitocina.
Esta hormona provoca não só o reflexo da produção de leite, nos alvéolos das glândulas mamárias, mas também a contração do útero, ajudando-o a retomar seu tamanho normal. Por esta razão bem como pelas vantagens da aleitação para a criança (as gorduras e ferro são melhor obsorvidos, e os aminoácidos são mais eficientemente metabolizados, quando originados pelo leite humano do que os existentes no leite de vaca) a lactação deve ser mantida.
Quando a aleitação é descontínua o estimulo da prolactina diminui, a capacidade das glândulas mamárias poderem produzir leite declina e a produção de leite termina.
Como referenciar: lactação in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 05:41:55]. Disponível na Internet: