Laminariáceas

Família de algas castanhas que se encontra distribuída por nove géneros, cujo habitat ocorre quase exclusivamente no Pacífico norte, com a exceção de dois géneros, Laminaria e Agarum, que se encontram também no Oceano Atlântico.
As plantas desta família possuem uma morfologia característica da ordem das lamariales, apresentando o órgão de fixação simples ou ramificado, estipe não ramificada e a lâmina simples, com ou sem nervação longitudinal. Os socos que englobam um conjunto de esporângios mais ou menos visíveis e definidos, desenvolvem-se na lâmina em posição basal ou disseminados.
Há espécies que atingem grande comprimento, como acontece com a Macrocystis purifera que na costa Ocidental da América pode atingir um comprimento entre 60 e 70 metros e uns 100 quilos de peso. O seu talo fixa-se por meio de um órgão adesivo e ganchudo a profundidades entre os 2 e os 25 metros. Disposto unilateralmente ao longo do seu eixo, existem lóbulos talosos, cada um dos quais tem na sua base uma bexiga flutuadora devido à qual a planta se mantém na superfície da água.
Como referenciar: Laminariáceas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-20 17:53:43]. Disponível na Internet: