Artigos de apoio

Laszlo Kovacs
Diretor de fotografia húngaro, László Kovacs nasceu a 14 de maio de 1933, em Budapeste.
Fascinado pelo mundo do cinema e pelo processo de realização, estudou na Academia de Cinema de Budapeste e por altura da revolução no seu país, em 1957, emigrou para os Estados Unidos onde trabalhou em diversas funções.
Em 1964, já como diretor de fotografia, estreou-se na série National Geographic Specials. Trabalhou depois em filmes como a comédia de horror Kiss Me Quick! (1964) e Hells Angels on Wheels (1967).
O seu trabalho chamou a atenção do empresário Roger Corman que o apresentou a Peter Bogdanovich, com quem trabalhou no filme Targets (Alvos, 1968). No ano seguinte, ainda através de Corman, conseguiu trabalho no filme de culto de Dennis Hopper Easy Rider. Apesar do seu fantástico trabalho, não conseguiu ser nomeado para o merecido Óscar, contudo, com a reputação do filme, começou a ser reconhecido em Hollywood, conseguindo trabalhos mais importantes e de melhor qualidade.
Logo em 1970, trabalhou com Robert Altman, na altura um realizador promissor, no filme That Cold Day in the Park. No mesmo ano, colaborou com Bob Rafelson em Five Easy Pieces (Destinos Opostos), protagonizado por Jack Nicholson e, dois anos depois, voltou a trabalhar com Peter Bogdanovich na comédia What's Up Doc? (Que Se Passa Doutor?), com Barbra Streisand e Ryan O'Neal nos principais papéis.
Em 1973, trabalha novamente com Bogdanovich na comédia dramática filmada a preto e branco Paper Moon (Lua de Papel). Seguiu-se Shampoo (Shampô, 1975), do realizador Hal Ashby, uma comédia dramática com Warren Beatty e Julie Christie. Ainda no mesmo ano, voltou a colaborar com Peter Bogdanovich na comédia musical At Long Last Love e em Nickelodeon (O Vendedor de Sonhos, 1976).
Outros trabalhos seus em filmes bem sucedidos são: o musical de Martin Scorsese New York, New York (1977), com Liza Minnelli e Robert De Niro; o drama Francês, protagonizado por Jessica Lange; Ghost Busters (Os Caça-Fantasmas, 1984); o drama Mask (Máscara, 1985), de Peter Bogdanovich; o thriller Copycat (Cópia Mortal, 1995), de Jon Amiel; a comédia de Harold Ramis com Michael Keaton Multiplicity (Os Meus Duplos, a Minha Mulher e Eu, 1996); My Best Friend's Wedding (O Casamento do Meu Melhor Amigo, 1997); Miss Congeniality (Miss Detetive, 2000) e Two Weeks Notice (Amor Sem Aviso, 2002), ambas comédias protagonizadas por Sandra Bullock.
Em 1998, recebeu o prémio de carreira da CamerImage e o prémio de excelência em direção de fotografia do Festival de Cinema do Havai. Em 2002, recebeu o prémio de carreira da Sociedade Norte-americana de Diretores de Fotografia.
Como referenciar: Laszlo Kovacs in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2017. [consult. 2017-07-28 03:57:49]. Disponível na Internet: