Laura Antonelli

Atriz italiana de verdadeiro nome Laura Antonaz, nasceu em Pula (atualmente na Croácia) a 28 de novembro de 1941. Diplomada em Educação Física, foi professora desta disciplina até ter uma oportunidade na televisão no programa "Caroselli".
Estreou-se no cinema em 1966 com Le Spie Vengono dal Semifreddo, de Mario Bava. Em 1970, participou no seu primeiro filme nos EUA - o western A Man Called Sledge (Viagem Para o Inferno), de Vic Morrow - interpretando o papel de namorada de James Garner. Trabalhou depois com Claude Chabrol em Docteur Popaul (A Casa dos Desejos, 1972), contracenando com Jean-Paul Belmondo, com quem teve uma relação amorosa. Em 1973, tem talvez o seu papel mais marcante como criada em Malizia, de Salvatore Samperi, que a estabelece como grande símbolo erótico dos anos 70. Graças ao sucesso do filme, enveredou por papéis em farsas eróticas que exploravam os seus atributos físicos, embora tivesse alguns outros papéis de qualidade como no último filme de Luchino Visconti, L'Innocente (O Intruso, 1976).
Nos anos 80 continuou a explorar papéis semelhantes, mas a sua carreira perdeu fulgor. Em 1991, foi presa por posse de cocaína e desde essa altura não mais voltou a filmar.
Como referenciar: Laura Antonelli in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 13:40:38]. Disponível na Internet: