Laura Ashley

Estilista e desenhadora britânica, nasceu em 1926, no País de Gales, e morreu em 1985, na sequência da queda numas escadas, enquanto visitava os filhos em Londres. Passou grande parte da infância na sua terra natal, antes de se mudar para Londres, em Inglaterra, onde viria a casar com Bernard Ashley.
Laura e o seu marido Bernard iniciaram em 1954, em Londres, um negócio de tecidos de decoração e o casal vendia turbantes, toalhas de mesa e guardanapos. Um filme desse ano, chamado "Roman Holiday", ajudou ao sucesso dos turbantes, graças à presença da atriz Audrey Hepburn. A personagem desta no filme usava turbante e lançou uma moda que rapidamente se espalhou a todo o mundo. Laura e Bernard, que começaram por confecionar as peças na cozinha do seu pequeno apartamento, forneceram muitos turbantes para lojas e armazéns importantes e alcançaram de imediato um grande sucesso internacional.
Laura teve a ideia de fazer tecidos estampados com desenhos depois de ter verificado que estes não existiam quando andava à procura de remendos para fazer pequenas peças. Assim, passou a ser ela a desenhar os padrões, enquanto Bernard construía o equipamento para a impressão dos tecidos.
Nessa época, a empresa era conhecida por Ashley Mountney, mas Bernard entendeu que era melhor mudar a designação para Laura Ashley porque um nome feminino era mais indicado para o tipo de produtos que vendiam, todo o tipo de têxteis para o lar.
Em 1955, o casal mudou-se para Kent e, três anos depois, quase ficaram sem o negócio por causa de umas cheias. As águas do rio Darent inundaram as instalações da empresa, tendo afetado o equipamento, as tintas e os tecidos. Mesmo assim, apesar de uma grave crise financeira, o negócio continuou e havia cada vez mais diversidade de produtos Laura Ashley, como luvas e aventais.
Em 1961, Laura regressou ao País de Gales e aí instalou a sua fábrica com o marido, na localidade de Carno.
Nessa época, Bernard desenvolveu um processo de impressão que permitia produzir cerca de cinco mil metros de tecido estampado por semana. Laura, em 1966, confecionou pela primeira vez um vestido dedicado a ocasiões sociais.
Um ano depois, a empresa mudou-se para uma antiga estação de comboios, desativada dois anos antes.
A imagem de marca da Laura Ashley eram os vestidos longos, com padrões floridos que se mantiveram populares independentemente das tendências da moda.
Depois de já ter aberto várias lojas na Grã-Bretanha, em 1971 a expansão passou pela instalação de concessões em países como a Austrália, Japão e Canadá.
O ano de 1974 ficou marcado pela abertura de lojas em Paris, na França, e em São Francisco, nos Estados Unidos da América.
Em 1979, para assinalar o 25.º aniversário da empresa, foi lançada uma gama de perfumes.
Como referenciar: Porto Editora – Laura Ashley na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-25 16:39:19]. Disponível em