lei de Lorentz

A lei de Lorentz, também designada por transformações de Lorentz, como o próprio nome indica, foi descoberta pelo físico holandês Hendrik Antoon Lorentz (1853-1928).
As transformações de Lorentz expressam, na teoria da relatividade, a correspondência existente entre as coordenadas espaciotemporais de um corpo expressas em relação a dois sistemas de referenciais inerciais (isto é, que se movem um em relação ao outro com velocidade uniforme).
Considerando um sistema de referência S, no qual as coordenadas do corpo em questão se exprimem como x, y, z, t, e outro sistema S', em que as coordenadas são x', y', z', t', a transformação de umas noutras é realizada da seguinte , onde v é a velocidade uniforme ao longo do eixo dos xx e c é a velocidade da luz no vácuo. Fazendo v/c = 0 obtêm-se as expressões de Galileu.
Como referenciar: lei de Lorentz in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-05-06 08:10:42]. Disponível na Internet: