Lenda da Castelã Moura de Salir

Aben-Fabilla, alcaide de Castalar, resolveu fugir quando viu o seu castelo ameaçado pelo exército de D. Afonso III. Antes da fuga, porém, enterrou todo o seu ouro, planeando vir mais tarde resgatá-lo.

Quando os cristãos tomaram o castelo encontraram-no vazio, à exceção da linda filha do alcaide. Esta explicou que tinha preferido ali permanecer, em vez de arriscar "salir" e morrer na fuga.
Entretanto, desde um monte vizinho, Aben-Fabilla viu a sua filha cativa dos cristãos. Proferiu então umas palavras misteriosas e, nesse momento, um cavaleiro cristão que interrogava a moura viu-a transformar-se numa estátua de pedra.

Em memória deste estranho fenómeno, aquela terra ficou conhecida por Salir. Ainda hoje se afirma que, em certas noites, a moura encantada aparece no castelo de Salir.

Como referenciar: Lenda da Castelã Moura de Salir in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-03-20 09:34:56]. Disponível na Internet: