Leonel Vieira

Realizador português nascido em 1969 em Miranda do Douro. Estudou cinema em Espanha e tornou-se um dos mais bem sucedidos cineastas portugueses da sua geração.
A sua primeira longa-metragem foi A Sombra dos Abutres, que realizou em 1998, com Vítor Norte e Diogo Infante nos principais papéis, a que se seguiu no mesmo ano o polémico Zona J, que foi o filme português com maior audiência nesse ano.
Ainda em 1998, estreia-se na televisão com a mini-série de sucesso Ballet Rose - Vidas Proibidas, sobre um escândalo de pedofilia passado na época da ditadura portuguesa, envolvendo importantes personalidades do país e jovens prostitutas. Em 2000, realiza para a SIC o telefilme Mustang e, em 2001, realiza a comédia A Bomba, com Diogo Infante, Fernanda Serrano e Ana Bustorff, sobre um grupo de reféns raptados por engano e presos numa sala com uma bomba-relógio, enquanto o país segue a tragédia pela televisão.
Em 2003, realiza A Selva, baseado no romance de Ferreira de Castro, protagonizado por Diogo Morgado, Ruy de Carvalho, Gracindo Júnior e Maité Proença. Filmado em plena Amazónia, numa coprodução portuguesa, espanhola e brasileira, é uma das produções portuguesas mais caras de sempre. Passa-se no início do século XX e conta a história de um jovem monárquico português que se vê obrigado a emigrar para o Brasil.
Em 2005, faz Um Tiro no Escuro, um drama sobre uma criança raptada, com Joaquim de Almeida e Vanessa Machado.
Como referenciar: Leonel Vieira in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-22 05:26:33]. Disponível na Internet: