Lia Gama

Atriz portuguesa nascida em 1944, no Fundão. Depois de uma estadia em Paris, estreou-se como atriz teatral em Lisboa, no ano de 1962, com a peça Vamos Contar Mentiras. Foi nos palcos que se notabilizou como atriz, interpretando peças como Exercício Para Cinco Dedos (1978) de Peter Shaeffer, Fedra (1983) de Racine e António, um Rapaz de Lisboa (1995) de Jorge Silva Melo. A sua primeira incursão na Sétima Arte foi em Sete Balas Para Selma (1967) de António de Macedo. Da sua filmografia como atriz, destaca-se participações em Amor de Perdição (1978) de Manuel de Oliveira, Kilas, o Mau da Fita (1980) e Sem Sombra de Pecado (1983), ambos de José Fonseca e Costa. Na televisão, participou em séries humorísticas como Queridas e Maduras (1995) e Uma Casa em Fanicos (1998), na série histórica O Processo dos Távoras (2001) e em telenovelas como Origens (1983) e Ajuste de Contas (2000).
Como referenciar: Lia Gama in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-26 10:17:17]. Disponível na Internet: