Luciano Berio

Compositor italiano, nasceu a 24 de outubro de 1925, em Oneglia, e faleceu a 27 de maio de 2003, em Roma. Estudou música com o pai e no Conservatório de Milão. Foi um dos fundadores do Estúdio de Fonologia de Milão, desenvolvendo uma obra musical que, após um começo pela música serial, desemboca na eletro-acústica: Perspetivas (1957), Diferenças (1958), Momentos (1960). Círculos (1960), Faces (1961), Epifania (1962-1965) revelam a voz como novo elemento importante da sua música. Escreve Laborinthus II, colando citações musicais de Monteverdi e Stravinsky, para o 700.° aniversário do nascimento de Dante, a que se seguiu Sinfonia, utilizando a mesma técnica de colagem. Recebeu o Praemium Imperiale em 1996, no Japão. Foi presidente da orquestra da Academia de Santa Cecília de 2000 até à sua morte.
Como referenciar: Luciano Berio in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-22 10:28:20]. Disponível na Internet: