Lugdunum

Lugdunum foi o nome dado pelos Romanos a uma cidade gaulesa junto ao rio Ródano (artéria de ligação entre o centro da Gália e o Mediterrâneo), por eles conquistada, no ano de 43 a. C. O seu nome vem, provavelmente, de Lug, que segundo a mitologia dos povos celtas era "o brilhante" deus da luz, da feitiçaria e das artes, e um guerreiro adorado um pouco por todos os territórios ocupados pelos celtas. Era festejado no auge do verão, entre fins de julho e agosto, com provas de luta entre guerreiros jovens, simbolizando a força e a energia céltica.
Foi fortificada pelos Romanos, tornando-se, no século II d. C., na cidade mais importante da Gália romana, sendo um importante centro comercial e o ponto de partida e chegada de diversas estradas romanas na região da Gália e da Renânia.
Lugdunum era ainda a capital da província romana Lugdunense, que se estendia entre os rios Loire, Sena e Saône.
No local onde existia a bastante romanizada cidade de Lugdunum (constitui hoje o lugar histórico de Lyon, classificado Património Mundial pela UNESCO), ergue-se atualmente a cidade de Lyon, a terceira maior cidade de França.
Como referenciar: Lugdunum in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-22 02:48:37]. Disponível na Internet: