Luísa

Protagonista do romance O Primo Basílio (1868) de Eça de Queirós, centrado no tema do adultério feminino. "Loura", "cabeça pequenina, de perfil bonito", com "magníficos olhos castanhos, luminosos e meigos", personifica o tipo da burguesinha sentimental, mal educada por leituras romanescas, sobre-excitada pelo temperamento e pela ociosidade, sem disciplina moral, já visado pelo autor nas Farpas. Temporariamente só em Lisboa, devido à ausência do marido, desocupada, influenciada pela devassidão da amiga Leopoldina, será presa fácil das manobras de sedução do primo Basílio. À excitação romântica de ter um amante suceder-se-ão rapidamente os arrufos e as desilusões e pouco depois o drama, quando começa a ser vítima da chantagem da criada Juliana.
Como referenciar: Luísa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-23 03:56:55]. Disponível na Internet: