Lya Luft

Escritora brasileira, descendente de Alemães, nascida a 15 de setembro de 1938, em Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul. Fez os seus estudos em Porto Alegre, onde se licenciou nas áreas de língua e literatura anglo-germânicas. Professora de Literatura, tirou o mestrado em Linguística e Literatura Brasileira. Dedicou-se essencialmente à tradução, de autores como Virgínia Wolf, Reiner Maria Rilke, Günter Grass e Hermann Hesse. Como escritora, começou por escrever crónicas e poemas para o jornal Correio do Povo. Os seus poemas foram compilados e editados em Canções de Limiar em 1964. Em 1989 publica uma nova coletânea de contos, com o título O Lado Fatal. Para além da poesia, dedicou-se também a escrever contos e romances, de que são exemplo o seu primeiro livro de contos intitulado Matéria do Quotidiano (1978), o seu primeiro romance As Parceiras (1980), o romance O Quarto Fechado - obra traduzida nos Estados Unidos da América - e o livro de ensaios O Rio do Meio (1996), premiado pela Associação de Críticos de Arte de São Paulo.
Como referenciar: Lya Luft in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-06-01 23:49:43]. Disponível na Internet: